Dor de amor

amor

A menina, coitadinha, chorava e soluçava num cantinho do metrô. O amigo ao seu lado tentava dizer mil palavras de consolo, mas nada que acalmasse aquele coração despedaçado. A moça que observava de longe ficou quietinha, vendo aquele chororô e lembrando-se dos últimos anos da sua vida. Vai e volta, bate-boca, sexo de reconciliação, lua-de-mel, frustrações, choros histéricos em lugares públicos, noites e noites em claro em companhia das lembranças e lágrimas infinitas.

Ah, menina levante tua cabeça, não chore assim, vá. Uma mocinha tão bonita derramando lágrimas por um moço tão babaca. Não pode não. Ele traiu, você chorou, mas já passou. Vamos lá, lave o rosto, veste uma saia e vamos dançar. Dançar e cantar fazem esquecer qualquer maldade que a vida faz. Abraça seu amigo, seu irmão, vai lá, faz a festa. Se acabe de chorar, mas de alegria por ter se livrado do encosto que aquele moço foi pra tua vida!

É difícil, as noites são infinitas, mas passa, passa. O mundo gira tanto. Fica bem, ele vai ver o que perdeu. O choro dele também vai chegar, quando ele ver que perdeu uma moça tão linda.

O trem parou e a moça curiosa teve que descer. Mas desejou com todo o coração um novo amor para a menina. Porque tão boazinha, coitadinha. Ninguém te conta que dói tanto. Mas também, ninguém te conta que é tão bom se amar de volta, vestir a saia e ir dançar.

Vai com calma, pequena, que a vida vai te mostrar toda a beleza que ela tem. Amar é um ciclo de prazeres e decepções, mas a vida vai te mostrar que se amar é como dançar, tira toda a dor que vida pode te dar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s